O envolvimento precoce de RH é fundamental para o sucesso de acordos de M&A

🇬🇧

Tradução (do inglês): Roberto Leão, Director South America na HR Trend Institute  

Envolvimento precoce RH em M&A essencial

O RH precisa estar envolvido nos acordos de M&A para aumentar chances de sucesso do negócio. Pesquisas mostram que o envolvimento precoce do RH. Qual o papel que o RH precisa desempenhar em fusões e aquisições será descrito em torno de quatro responsabilidades críticas.

A atividade de negócios de fusões e aquisições atingiu um recorde histórico em 2015. No futuro, a Deloitte espera: “A atividade de operações de fusão e aquisição continua forte” (relatório de tendências de fusões e aquisições em meados de 2016 – em inglês). Pesquisas anteriores mostraram que a taxa de falha do negócio era de 70% a 90%; pesquisas mais recentes mostram uma taxa de sucesso de 40 a 50%.

Na pesquisa do sucesso de um acordo de fusões e aquisições, as razões para o fracasso variam, mas muitas vezes você encontrará cultura, liderança, talento e comunicação no ranking dos dez melhores. Portanto, além dos aspectos mais estratégicos e econômicos, as questões relacionadas às pessoas também se mostram críticas para o sucesso do negócio.

Pesquisa, em inglês, publicada pelo Centro de Pesquisa de Fusões e Aquisições da Cass Business School de Londres descobriu que 60% dos executivos concordaram que os problemas pós-fusões e aquisições poderiam ser melhor resolvidos se as equipes de RH estivessem envolvidas anteriormente. O relatório também destaca três áreas principais para se concentrar para ter sucesso. A área número dois mencionada, com base no estudo, é o envolvimento precoce de RH e a retenção de pessoal operacional crítico. A pesquisa também mostra que apenas 10% das empresas pesquisadas incluíram RH no estágio de identificação do negócio, enquanto 81% as envolveram no estágio de integração. Tão amplo espaço para melhorias para muitas empresas e profissionais de RH desempenharem um papel crítico. O que esse papel para o RH implica?

4 Papeis críticos de RH em fusões e aquisições

Com base no meu envolvimento em muitos acordos de fusões e aquisições, descreveria o papel do RH nas quatro áreas críticas de responsabilidade a seguir.

Organizar

o Criar e recrutar equipe dedicada ao acordo de fusão e aquisição em cada uma das diferentes etapas

o Apoiar no desenho de como será acordo e o processo de integração

o Ajudar a desenhar a nova organização e liderar o processo de mudança

Pesquisar

o Levantar questões de pessoas/organização materiais e imateriais relacionadas ao acordo

o Criar um foco da equipe de RH nas principais questões críticas, por estágio de negociação

o Garantir conhecimentos e capacidade na equipe de RH

Aconselhar

o Assessoria aos líderes e à equipe dedicada ao acordo de fusão e aquisição em todas as questões relacionadas ao RH

o Seja o especialista em RH

o Conselheiro do negócio para gestão da mudança, cultura e design organizacional

Comunicar

o Desenhar o processo de comunicação para funcionários e de relações sindicais

o Assumir a propriedade total da comunicação dos funcionários em todas as etapas

o Atuar como o ponto focal entre os diferentes grupos envolvidos para garantir um bom fluxo de informações

Portanto, é uma grande oportunidade para o RH avançar e reivindicar esse papel que provou ser tão crítico para o sucesso dos acordos de fusão e aquisição.

Leitura adicional

No more articles